REWIND 2016: Os 10 melhores discos internacionais de 2016


Como sabes, todos os anos, milhares de artistas lançam novos álbuns, EP's, mixtapes, entre outros. Tudo isso já sabemos. O que não sabemos é: quais foram os 10 melhores discos (internacionais) de 2016, escolhidos pelos especialistas da Entretenimento Portugal.

10. Alicia Keys - HERE
Alicia Keys continua com voz poderosa e músicas poderosas neste "HERE". Além de ter escolhido que a capa do álbum deveria ser ela sem maquilhagem, ela aqui continua forte. "In Common" é, talvez, das melhores músicas R&B que já ouvi por ela. Ainda passamos por Blended Family, que conta com a participação de A$AP Rocky, onde ela aqui encontra o seu conforto. Este álbum é um que fica na lista obrigatória para ouvir.













9. Lady Gaga - Joanne
Ela está de volta, mas totalmente diferente. Joanne, em memória a sua falecida tia de mesmo nome, é um álbum onde Gaga demonstra que ser uma Monster, também pode ser "calminha". "Million Reasons" é, talvez, a melhor música deste álbum, além de ser tão "same" para muita gente. "Joanne" é a música em homenagem á tia, onde a letra sobressai imenso, assim como a sua grande voz, que já a conhecemos de Gaga. É obrigatório ouvir e poder chorar.













8. Sia - This Is Acting
Este é, talvez, um dos melhores trabalhos de Sia. Todos já sabemos a capacidade de Sia ao escrever músicas, mas a ideia deste álbum foi genial. Sia criou um álbum com músicas descartadas desde de Rihanna, Adele, Beyoncé, entre outros. O que aconteceu? Deu frutos para Sia. Hits como "Cheap Thrills", "Alive", "Bird Set Free" e ainda "The Greatest" (incluído na versão deluxe deste álbum) já foram ouvidos por milhões e não param de dar nas pistas de dança, rádios e nas televisões, principalmente "Cheap Thrills" e "The Greatest".












7. Drake - Views
Maior hitmaker da década, Drake em 2016 apresentou um dos melhores álbuns da década e de 2016. "One Dance", hit que já bateu recordes - especialmente no Spotify por ter sido a primeira música a alcançar 1 bilião de audições. Mas Drake já vinha com um grande sucesso, que contribuiu para que este álbum fosse grande - "Hotline Bling". É caso para dizer: este álbum é totalmente obrigatório numa festa.














6. Tove Lo - Lady Wood
Depois do sucesso de "Queen Of The Clouds", Tove Lo lança um dos seus maiores e melhores trabalhos - "Lady Wood" - num álbum que foi totalmente escrito pela artista. Além disso, a artista decidiu fazer este um álbum visual, dividido em 2 partes: "Fairy Dust" (já lançado e disponível no Youtube) e "Fire Fade" (a ser lançado em 2017). Pelos críticos, este é um dos melhores trabalhos (até agora) feitos por Tove Lo, com músicas incríveis - como "True Disaster" e "Cool Girl", ainda passamos a faixa título do álbum.












5. Ariana Grande - Dangerous Woman
Ariana Grande reinventou-se e mostrou-se uma "dangerous woman". Podemos dizer que este é, até agora, um dos melhores álbuns de Ariana Grande. Para quem acompanha a cantora desde 2013, ano em que lançou "Yours Truly", consegue ver que ela está mais matura neste álbum. "Into You" é uma das melhores faixas deste álbum, assim como "Thinkin' Bout You", "Greedy" e "Moonlight". O hit deste álbum é "Side To Side", onde está acompanhada com Nicki Minaj numa balada pop totalmente excelente.












4. Rihanna - ANTI
Rihanna está de volta, depois de 2 anos sem ter lançado um único álbum, com ANTI. Este álbum foi lançado de surpresa para todos, assim como a faixa "Work" - faixa hit do álbum, que tem participação de Drake - foi lançada também de surpresa. Neste álbum, podemos destacar "Love On The Brain" que é, na minha opinião, a melhor música deste álbum, "Same Ol' Mistakes" que é a cover de "New Person, Same Old Mistakes" dos Tame Impala, e também "Kiss It Better". Também não esquecemos de "Needed Me" que também é um grande hit deste álbum. Neste álbum, não estão incluídos os singles lançados em 2015 pela cantora, como por exemplo "Bitch Better Have My Money".









3. The Weeknd - Starboy
The Weeknd volta a fazer sucesso e furor no mundo com o mais recente trabalho, "Starboy", que arrebentou com a faixa título do álbum, com a parceria de Daft Punk. Ainda neste mesmo álbum, os Daft Punk também fazem outra parceira em "I Feel It Coming", uma balada pop clássica, que parece que estamos nos anos 80. Por muitos críticos especializados, "I Feel It Coming" é uma das melhores baladas pop da década. Ainda temos, como destaque, "Party Monster" com uma pequena participação de Lana Del Rey que também participa em "Stargirl Interlude", "All I Know" com Future e "Secrets".











2. Solange - A Seat At The Table
Depois de um longo dia de trabalho ou então de um dia divertido, este é o álbum certo: "A Seat At The Table". Conhecida como irmã de Beyoncé, Solange encontra a sua divindade neste álbum. Uma das melhores música deste álbum que posso destacar é mesmo "Cranes In The Sky", mas também, como destaque, "Mad" com participação especial de Lil Wayne e "Scales" com Kelela. Este é só um dos melhores álbuns do ano, atrás da sua irmão Beyoncé, com "Lemonade". Afinal, as Knowles têm muito talento musical.












1. Beyoncé - Lemonade
E obviamente, nesta lista, não podia faltar o álbum, a qual é o melhor do ano para todo o tipo de crítica especializada, desde a Rolling Stone a Billboard, é mesmo "Lemonade" de Beyoncé. Beyoncé se mistura na variedade de géneros musicais, desde de Country ao Rock. Destacamos "All Night", "Daddy Lessons", "Formation" e "Freedom" com participação especializada de Kendrick Lamar. Também neste álbum, estão presentes The Weeknd, Jack White e James Blake. É obrigatoriamente um álbum para ouvir e sentir-lo. Também é um álbum visual, no qual se pode ouvir e ver.











E estes são os 10 melhores discos internacionais de 2016, escolhidos pela Entretenimento Portugal. Só no resta desejar a todos vocês um grande 2017 e que este próximo ano seja também excelente musicalmente e de saúde.

REWIND 2016: Os 10 melhores discos internacionais de 2016 REWIND 2016: Os 10 melhores discos internacionais de 2016 Reviewed by Pedro C. on 17:37 Rating: 5

Sem comentários

Rádio Entretenimento

Rádio Entretenimento